Camuflagem multiespectral Barracuda: a força da resistência e a sensibilidade do invisível

 Em um ambiente de combate, a necessidade de observar as posições e as movimentações do oponente é fundamental para garantir a sobreviv~encia e o sucesso das operações. Por conta dos avanços tecnológicos voltados para o campo de batalha, sensores e radares ampliam a capacidade de observação e possibilitam que a estratégia traçada e a tomada de decisão sejam baseadas em uma consciência situacional muito maior. Da mesma forma, os métodos para camuflar tropas, instalações e atiradores também evoluíram. 

 

No passado, a única forma de camuflagem se dava pelo uso de folhagens naturais e arbustos, mas essa "natureza morta", em pouco tempo, deixava de ser um meio de proteção e passava a ser um facilitador da detecção pelo inimigo em consequência das diferenças de coloração em relação à vegetação viva. "Atualmente, as tropas lidam com novas ameaças tecnológicas nos campos de batalha. Além de radares e outros sensores, os drones não tripulados com câmeras termais, mesmo sem grande complexidade, expandiram as capacidades de detecção pelos inimigos, gerando a necessidade de buscar novas soluções para proporcionar proteção às tropas em combate", comenta Dielson Albuquerque, diretor de vendas da Saab do Brasil.

Para enfrentar esses novos desafios e cenários, tecidos com cores, recortes e resistência especiais foram criados após muitos anos de pesquisa, resultando em uma camuflagem multiespectral, capaz de proteger um potencial alvo da observação por radares, por sensores termais e de infravermelho, por binóculo ou até mesmo a olho nu.

Desenvolvida a partir de 1957, a Saab Barracuda é líder no mercado de camuflagem avançada, representando mais de 60% das vendas no mundo. "A tecnologia inovadora da empresa é uma chave importante para muitos clientes que confiam nos produtos da Saab Barracuda para se prepararem para os combates de hoje e os do futuro", disse Henning Robach, head da unidade de negócios Saab Barracuda. 

Ideal para qualquer ambiente

Considerando todos os possíveis cenários de batalha como desertos, florestas tropicais, selvas, montanhas cobertas de neve e cerrados, a Saab Barracuda desenvolve as soluções mais avançadas de camuflagem para manter a segurança e a quase invisibilidade dos possíveis alvos, como tropas, soldados, instalações estratégicas, acampamentos e carros de combate.

"Além de oferecer proteção, essa tecnologia garante benefícios operacionais relevantes, como a redução da temperatura do objeto protegido, o que proporciona maior conforto às tropas, preserva a precisão do armamento dos carros de combate, economiza combustível e eleva a vida útil dos componentes eletrônicos embarcados", explica Albuquerque.

Pesando menos de 300 g/m², a solução é composta por uma camada de material têxtil e uma malha na parte de baixo que é capaz de enfrentar temperaturas que vão de -21°C a 80°C. Os sistemas são de fácil utilização, armazenamento e transporte. Essas características permitem que o usuário esteja preparado para atuar em qualquer cenário rapidamente.

Para fornecer melhor proteção no espectro visual, ou seja, contra a observação a olho nu ou por binóculos, é necessário um estudo das cores do ambiente operacional que pode ser feito por uma equipe técnica da Saab. Assim, é viável adaptar os tons das redes para ambientes urbanos, desertos, florestas – considerando as suas diferentes tonalidades de verde, campos nevados, entre outros.

"Não é apenas uma questão de como se esconder e se misturar ao ambiente, mas de como ganhar tempo no campo de batalha e ter as chances aumentadas para ser o primeiro a agir. Veículos e pessoas são recursos de alto valor e merecem proteção tecnológica durante os conflitos", finaliza o executivo.