Saab Aeronáutica Montagens é apresentada em São Bernardo do Campo

No dia 9 de maio, as novas instalações da planta de aeroestruturas da Saab em São Bernardo do Campo - Saab Aeronáutica Montagens (SAM) - foram oficialmente apresentadas.

No dia 9 de maio, as novas instalações da planta de aeroestruturas da Saab em São Bernardo do Campo - Saab Aeronáutica Montagens (SAM) - foram oficialmente apresentadas. Cento e cinquenta convidados compareceram ao evento, incluindo representantes da Força Aérea Brasileira da Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo, do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, parceiros industriais, imprensa, representantes da comunidade sueca no Brasil e da indústria de defesa nacional.

Jonas Hjelm, vice-presidente sênior e chefe da área de negócios Saab Aeronautics, e Mikael Franzén, chefe da unidade de negócios Gripen Brasil, falaram sobre o papel da Saab no mercado de defesa global e sobre o progresso do Programa Gripen no Brasil.

"Este é mais um passo importante para nós do programa Gripen brasileiro para, junto com nossos parceiros, entregarmos o que prometemos à Força Aérea Brasileira e à sociedade brasileira," disse Jonas Hjelm.

"Foi um grande marco finalmente poder mostrar as instalações da Saab Aeronáutica Montagens. Estamos agora entrando na fase de produção das ferramentas e plataformas necessárias para construir os subconjuntos do Gripen E e F no Brasil ", completou Mikael Franzén.

Durante sua apresentação, Franzén chamou ao palco o presidente e CEO da Akaer, Cesar Augusto T. Andrade e Silva, para formalizar a participação da Akaer na SAM, fortalecendo assim ainda mais essa sólida parceria de longo prazo. A Akaer adquiriu 10% da SAM e a Saab aumentou suas ações na Akaer de 25% para 28%, em uma operação de troca de ações.

"A Saab e a Akaer são parceiras desde 2009. Fomos contratados pela Saab para desenvolver peças para a fuselagem do caça Gripen, antes mesmo da Saab ser selecionada para negociações para reequipar a Força Aérea Brasileira. Desde então, a Akaer entregou mais de 550.000 horas de engenharia no projeto Gripen, no Brasil e na Suécia, com significativa transferência de tecnologia. A Akaer avança agora para se consolidar como uma empresa Tier 1", falou Andrade e Silva.

O diretor-geral da SAM, Marcelo Lima, apresentou os segmentos aeroestruturais que serão produzidos na fábrica, como o cone de cauda, os freios aerodinâmicos, o caixão das asas, a fuselagem traseira e a fuselagem dianteira para a versão monoposto (um assento) e a versão biposto (dois assentos). Além das aeroestruturas, Marcelo pontuou as etapas de contratação de funcionários, treinamento e capacitação dos contratados na Suécia e a montagem da fábrica em São Bernardo.

Ter a réplica do Gripen em tamanho real impressionou a todos os presentes e deu mais dimensão ao grandioso projeto de desenvolvimento e construção do avião supersônico no Brasil. Os convidados puderam entrar no caça e fotografar este momento histórico.

Os onvidados puderam circular pelo hangar de aproximadamente 5 mil m² e conhecer, entre outras coisas, o histórico do Programa Gripen e os parceiros brasileiros que fazem parte deste grande projeto, como Embraer, Akaer e AEL Sistemas. Em uma outra área, os presentes tiveram a oportunidade de fazer um tour virtual em 3D para conhecer a futura fábrica de aeroestruturas do Gripen no Brasil.

 

A Saab destacou números relevantes sobre o programa de transferência de tecnologia do Programa Gripen brasileiro e destacou a importância da SAM como parte da cadeia de fornecimento global da Saab. Atualmente, mais de 140 profissionais retornaram ao Brasil. A maioria deles está trabalhando no desenvolvimento de aeronaves no Centro de Projetos e Desenvolvimento do Gripen (Gripen Design and Development Network - GDDN). No total, 350 profissionais brasileiros passarão pelo treinamento prático ("on-the-job") na Suécia.