Gripen brasileiro

Brazilian air force pilots gathered in front of the Gripen full scale replica

Brazilian air force pilots gathered in front of the Gripen full scale replica.

Hoje, atingimos um marco histórico. Com todos os contratos assinados, o maior negócio de exportação da história da Saab foi concluído, o que significa que o programa brasileiro do Gripen NG vai agora para a sua próxima fase. Saiba mais sobre essa história.

Quando Saab e o Brasil assinaram o contrato do Gripen NG, em outubro de 2014, foi afirmado que ele entraria em vigor quando algumas condições fossem cumpridas. Hoje, estamos felizes em anunciar que todas as condições necessárias foram atendidas, marcando o início oficial do programa brasileiro do Gripen NG.

"Nossa parceria com a indústria brasileira fortalece a posição da Saab na América Latina e também dá suporte à nossa estratégia de crescimento por meio de parcerias industriais", diz Ulf Nilsson, chefe da área de negócios de Aeronáutica na Saab.

Junto a nossos parceiros brasileiros, estamos dando os próximos passos à toda velocidade para produzir e entregar os 36 caças Gripen NG para a Força Aérea Brasileira.

Mais que aeronave

A cooperação entre o Brasil e a Suécia abrange muito mais do que a aeronave. Ele inclui a cooperação industrial global entre os países em áreas como pesquisa e desenvolvimento, e transferência de tecnologia, que serão realizadas ao longo de aproximadamente 10 anos.

"A aquisição do Gripen NG proporcionará benefícios além da ampliação da capacidade operacional da Força Aérea Brasileira. Além de equipar a FAB com um dos caças mais modernos do mundo, a participação no desenvolvimento do projeto do Gripen NG significa um avanço tecnológico para a indústria brasileira", diz o Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, Comandante da Força Aérea Brasileira.

Por meio de um extenso programa de transferência de tecnologia, envolvendo as principais empresas de defesa e aeroespacial do Brasil, cerca de 350 engenheiros e técnicos brasileiros, com suas famílias, irão viajar para a Suécia para capacitação teórica e prática (on-the-job). Com este programa, eles irão ganhar experiência e desenvolver competências para o desenvolvimento, a produção e a manutenção dos caças Gripen. A equipe própria da Saab também virá para o Brasil, para ajudar no desenvolvimento das operações no país. O programa de transferência de tecnologia irá contribuir para o desenvolvimento de uma base industrial de defesa independente e avançada no Brasil. á

Os caças Gripen NG serão entregues à Força Aérea Brasileira entre 2019 e 2024.

Link para o press release 
Link para as páginas do Gripen