Resultados da Saab em 2019

Saab apresenta os seus resultados referentes ao ano de 2019.

Mensagem do Presidente e CEO, Micael Johansson: 

Um ano intenso com crescimento contínuo e aumento da lucratividade

A Saab reportou um sólido desenvolvimento em 2019: novos pedidos estáveis e boa execução contribuíram para um crescimento orgânico contínuo e um aumento na lucratividade. No final do exercício, a Saab também garantiu pagamentos importantes, que geraram um sólido fluxo de caixa operacional no quarto trimestre.

A demanda por produtos e soluções da empresa continua elevada e o mercado deve continuar crescendo nos próximos anos, visto que a Saab está entrando na fase de produção e entrega. A Saab está ratificando suas metas financeiras de crescimento orgânico anual de 5% e uma margem operacional de 10% ao ano ao longo de um ciclo de negócios.

Novos pedidos de vendas
Os novos pedidos em 2019 totalizaram SEK 27,2 bilhões (28,0). A carteira de pedidos era de SEK 93,3 bilhões (102,2) no encerramento do exercício. Os volumes para pequenos pedidos continuaram e aumentaram 10% em comparação ao exercício anterior. Durante o exercício, a Saab recebeu uma importante encomenda do Ministério da Defesa da Finlândia para fornecer e integrar o sistema de combate e sensores para as novas corvetas da Finlândia. Foram assinados contratos matriz fundamentais para o sistema de armas Carl-Gustaf. Além disso, no quarto trimestre, os Emirados Árabes Unidos anunciaram sua intenção de adquirir mais duas aeronaves GlobalEye Airborne Early Warning & Control.

Vendas e resultado operacional
As vendas aumentaram para SEK 35,4 bilhões (33,2) em 2019, representando um crescimento de 7% . O crescimento orgânico foi de 6%, sendo que cinco das seis áreas de negócio contribuíram para o aumento. A Saab continua a investir em P&D e inovação para apoiar o crescimento lucrativo futuro. Espera-se que as vendas continuem a crescer em 2020, em linha com a meta de crescimento de longo prazo da Saab.

O lucro operacional foi de SEK 2.937 milhões (2.564) com uma margem operacional de 8,3% (7,7). O aumento da lucratividade resultou principalmente do aumento dos volumes. Espera-se que a margem operacional em 2020 continue a melhorar em comparação a 2019.

No último trimestre, a Saab adotou importantes medidas no programa Gripen E para a Suécia, quando a primeira aeronave produzida em série realizou o seu voo de estreia e foi entregue ao programa de voo de testes conjunto. No início do ano, a empresa adotou medidas para a entrega do Gripen E ao Brasil. Além disso, o trabalho avançou nas novas instalações de produção da Saab para a aeronave de treinamento T-7A Red Hawk em West Lafayette, Indiana, nos Estados Unidos.

Fluxo de caixa operacional
O fluxo de caixa operacional de 2019 totalizou SEK -1.300 milhões (-2.424). Os principais pagamentos no quarto trimestre geraram um sólido fluxo de caixa operacional de SEK 3.056 milhões (2.773). Para 2020, o objetivo é ter um fluxo de caixa operacional positivo.

Dividendos
O Conselho de Administração propõe para 2019 um dividendo de SEK 4,70 (4,50) por ação.

Perspectivas para 2020
A Saab estima que o crescimento orgânico das vendas em 2020 estará de acordo com a meta financeira de 5% no longo prazo.

Espera-se que a margem operacional em 2020 melhore em comparação a 2019.

Destaques financeiros

   

Para mais informações e explicações sobre a utilização destes importantes índices, consulte http://saabgroup.com/investor-relations/financial-data/key-ratios/

O relatório intermediário, o material de apresentação e o webcast estão disponíveis no link http://www.saabgroup.com/investor-relations