Você realmente sabe o que fazemos abaixo da superfície?

Você acredita que sabe tudo sobre nossas operações subaquáticas? Pense novamente. Os cinco fatos que citamos abaixo poderão lhe surpreender.

Atualmente, fabricamos ROVs para uma ampla variedade de aplicações profissionais, liderando o setor com inovações como a tecnologia de motor de corrente contínua sem escovas, o chassi de polipropileno e as cápsulas de fibra de carbono.

Uma demonstração do sistema Seaeye Sabertooth foi realizada no Laboratório de Flutuação Neutra (NBL) da NASA

 

Durante um simpósio, o Sabertooth foi lançado no gigantesco tanque de 23,5 milhões de litros do NBL em Houston, Texas. Foi demonstrado que o ROV pode ser controlado manualmente por meio de um link de comunicação óptica subaquática. Também foi mostrado, de maneira inédita, que sem nenhum contato físico, o Sabertooth é capaz de transmitir dados e vídeos através da água. Incrível, não?

Temos nossas próprias instalações de testes de ROV

O desenvolvimento de sistemas subaquáticos avançados requer instalações para testes específicos. Uma de nossas instalações mais avançadas está localizada em Motala, na Suécia, às margens do Lago Vättern. O lago possui uma pista de testes de nove quilômetros, além de instalações em terra para testes de motores e simulação de condições a uma profundidade de 1.500 metros.

Nossos ROVs são utilizados em 70 países

Desde que vendemos nosso primeiro ROV, em 1976, para a Suíça, temos trabalhado constantemente para melhorar nossas capacidades e aplicações. Atualmente, vendemos ROVs nos Estados Unidos, na Europa, na região da Ásia-Pacífico e na Austrália. Nossos clientes atuam em operações militares e civis, que valorizam a modularidade e a escalonabilidade dos nossos sistemas ROV.

Nossas soluções subaquáticas desempenharam um importante papel no Unmanned Warrior 2016

O Ministério da Defesa britânico realizou, no ano passado, o exercício militar multinacional Joint Warrior, próximo à costa da Escócia. Uma etapa importante do evento foi o Unmanned Warrior, que consistiu em duas semanas de exercícios e testes envolvendo sistemas autônomos marítimos. Nós contribuímos de fato e, segundo alguns, significativamente, com nosso sistema de alvo artificial AUV62-AT e com sistema Sea Wasp ROV, desenvolvido para detecção e descarte de IEDs subaquáticos. A presença do AUV62-AT garantiu a continuidade da etapa antissubmarino.

Cinco coisas que você não sabia... Ou sabia?