O Carl-Gustaf desempenha papel importantíssimo para as tropas paraquedistas em combate

Quando os integrantes da 82ª Divisão de Paraquedistas do Exército Norte-Americano saltam de uma aeronave para cumprir sua missão, é crucial que eles confiem em seus equipamentos. O sargento Raymond Miller, operador-mestre de armas leves da divisão, diz que as condições extremamente desafiadoras sob as quais operam as tropas paraquedistas demandam que as armas empregadas pelos soldados sejam resistentes, duráveis e fáceis de operar.

Esse é um dos motivos pelos quais ele aprova o canhão sem recuo (CSR) Carl-Gustaf que, após um período de dois anos de implementação, foi adotado para toda a divisão. "A simplicidade do CSR Carl-Gustaf é uma de suas maiores vantagens", afirmou Miller. "Quando você está em combate, as baterias de alguns equipamentos podem ficar sem carga e as telas e lentes podem quebrar. Mas nunca ouvi falar que um CSR Carl-Gustaf teve qualquer um destes problemas".

Um veterano atuando há 19 anos nas forças militares dos EUA, inclusive, com passagem pelo Iraque, Miller não hesita em listar o que avalia como as principais características do CSR Carl-Gustaf. "É resistente e podemos empregá-lo em operações aeromóveis, para chegar ao objetivo rapidamente. Outros sistemas não têm a mesma durabilidade e não podem ser lançados – precisam ser aterrissados. Então, isso é uma grande vantagem", disse.

Outro diferencial do sistema é ser reutilizável, o que reduz muito a quantidade de equipamentos que os paraquedistas precisam transportar, em comparação às armas descartáveis. "Você só tem que levar as munições, e não vários tubos descartáveis", declarou Miller. "Portanto, é muito mais fácil de carregar". O sargento diz que, embora a divisão utilize a versão M3 do CSR Carl-Gustaf, ele está muito interessado na versão M4, que pesa menos de 7 kg, ou seja, mais de 3 kg mais leve em comparação à versão anterior. "Retirar peso da carga do soldado é sempre muito positivo, na minha opinião", disse. "Isso o deixa menos cansado e permite que ele esteja preparado para combate por um período maior de tempo".